segunda-feira, 20 de outubro de 2008

I Bailongo da Estilo


Não podia ter sido melhor. Com vinho Lovara da Família Miolo à vontade para todos os presentes, empanadas argentinas (sim, argentinas, pois são feitas por um autêntico portenho, o Gustavo da panificadora La Porteña) e as melhores tandas de tango (desde Gardel até Narcotango, passando por D'Arienzo, Troilo e Típica Osquesta de Tango, entre outros), com tandas de bolero, forró e samba, e o principal de tudo: uma equipe afinada trabalhando pela qualidade do baile e presenças maravilhosas, inclusive de outras academias, que ao final do baile sequer queriam ir embora.

Gosto de citar nomes: Giovani e Cléia da Academia Marcelo Amorim, Oscar Ricarte e Julita, Emannuel Sócrates e os que abrilhantaram a noite com uma apresentação de milonga, Anna Szcherman e Guillermo Abraham, sem contar com a ilustríssima prata da casa, João Carlos Corrêa e o professor Leandro Vieira.

Em breve, todos poderão ver - e se ver - no álbum que postarei aqui.

Por ora, simplesmente agradeço a todos que foram à inauguração de nosso Bailongo, que sempre farei com muito carinho, para que o tango alce vôos cada vez mais altos em Brasília.



.

3 comentários:

Francisco Silva disse...

Flávia, adoraria ter ido. Não sei se você se lembra, mas estou a trabalho em São Paulo há várias semanas. Aqui está adorável, mas já sinto saudades das pessoas daí. E das milongas também. Torço para que na próxima eu esteja em Brasília para compartilhar da dança e da alegria de todos.

Parabéns e sucesso, sempre.
Beijo.

Aline Romaiane disse...

Flavinha, como você já sabe, foi meu segundo baile. Sabe que estou cada vez mais apaixonada pelo tango?! Parabéns pelo baile. Foi um sucesso!

Anônimo disse...

gostei das fotos, vida longa ao bailongo. bj. Inez